Vitamina C ácida funciona em veículos anidros?

Atualizado: 12 de mai. de 2021

Pergunta intrigante...de bate pronto eu responderia que não, mas não é que me deparei com estudo publicado pela famosa Zoe Diana Draelos e colegas que avaliou a eficácia de uma formulação anidra de ácido ascórbico e vitamina E em veículo sem água, a base de silicone.


As fotos de antes e depois são bem impressionantes e não deixam dúvidas sobre a efetividade do produto, porém lendo o estudo completo percebemos que a formulação tem muito mais do que apenas ácido ascórbico e vitamina E. Entram na formulação a 1% silimarina, 1% hexylresorcinol (Hentowhite) e um monte de antioxidantes como (Hordeum Distichon (barley) extract, Citrus Aurantium Dulcis (orange) oil, Phellodendron Amurense bark extract, e Santalum Album (Sandalwood) wood extract).


Lendo acima e vendo os resultados uma dúvida pode surgir, o que causou o efeito? A vitamina C ou os demais ingredientes? Enfim, pra quem deseja reproduzir a formulação, a base foi feita com silicones da Grant Industries, uma mistura de Gransil GCM-5 (Cyclopentasiloxane and Polysilicone-11) e Gransil PSQ (Polymethylsilsesquioxane).


As concentrações de Vitamina C e E foram, respectivamente 20% e 5%.


Eu sempre questionei se a vitamina C ácida sem estar solubilizada teria permeação, afinal de contas em meio siliconado não ocorrerá solubilização, mas por outro lado também não ocorrerá a famosa oxidação que altera o cheiro e a coloração da vitamina C.


Portanto, fica a dica para um leitura dessa publicação onde podemos usar como inspiração para formulações e prescrições.


Abraços

Lucas Portilho


Draelos ZD, Diaz I, Cohen A, Mao J, Boyd T. A novel skin brightening topical technology. J Cosmet Dermatol. 2020 Dec;19(12):3280-3285. doi: 10.1111/jocd.13741. Epub 2020 Oct 12. PMID: 32985076; PMCID: PMC7756285.




144 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • 1024px-Telegram_logo.svg
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram