• Lucas Portilho

Silimarina no Tratamento do Melasma


Em 2012 o Professor de Farmacologia e Toxicologia Tagreed Altaei, do Colégio de Farmácia da Hawler Medical University no Iraque publicou no Journal BMC Dermatology um estudo sobre a silimarina no tratamento do melasma e em sua conclusão ele usou o termo “tremenda melhora no tratamento do melasma”.

Recentemente pesquisadores Egípcios realizaram um estudo clínico que comprovou a afirmação do Prof. Altaei.

Aliás, os pesquisadores foram ousados ao comparar um creme com 0.7% e 1.4% de silimarina vs hidroquinona 4%, que é um dos tratamentos mais usados e efetivos para clareamento de peles com melasma epidérmico.

A silimarina possui atividades antioxidantes, no entanto o mecanismo exato pelo qual o ativo apresentou efeito de clareamento não está completamente elucidado.

Um ponto bem interessante é que o creme utilizado no estudo foi uma base bem simples, sem aumentadores de permeação, mostrando que o efeito da silimarina na pele não requer sistemas muito complexos. Mesmo assim estou ansioso para avaliar o efeito dela associado com microagulhamento.

Os resultados de clareamento podem ser vistos abaixo:

Figura1. Melhora após aplicação de creme com 1.4% de silimarina. A e B: lado direito. C e D: lado esquerdo. Ambos tratados por 3 meses.

Para os Profissionais da Estética que desejam saber mais sobre clareamento, marquem na agenda dia 14 de dezembro em São Paulo onde vou palestrar o último curso DespigMente do ano.

Para as Farmácia de Manipulação que desejam um trabalho pronto sobre a silimarina no tratamento do melasma basta entrar em contato com a Consulfarma Assessoria.

Abraços

Lucas Portilho

1. Altaei T. The treatment of melasma by silymarin cream. BMC Dermatol. 2012;12:18.

2. Nofal A, Ibrahim AM, Nofal E, Gamal N, Osman S. Topical silymarin versus hydroquinone in the treatment of melasma: A comparative study. J Cosmet Dermatol. 2019;18(1):263-70.

#melasma #hidroquinona

0 visualização
revista,bannersite.jpg

© 2010 lucasportilho.com • Todos os direitos reservados.