Isotretinoína no Tratamento do Covid-19?

Postei recentemente um estudo falando sobre a Isotretinoína como potencial causador de alopecia, mas não é ele deu a volta por cima e agora está sendo considerado para tratamento contra o Covid-19?


A isotretinoína foi identificado, entre outros retinóides, um inibidor da replicação do SARS-CoV-2. Pesquisadores notaram que a isotretinoína pode se ligar nas proteínas tipo spike encontradas na SARS-CoV-2, influenciando as mudanças conformacionais necessárias para a ligação ao receptor para o mesmo se ligar no receptor ACE-2 (esse receptor permite a entrada no vírus nas nossas células).

Isso reduz a oportunidade de entrada na célula.

Desse modo, a isotretinoína pode afetar a entrada do vírus, principalmente no estágio inicial do processo de infecção. Além disso, a isotretinoína regula positivamente a resposta antiviral do hospedeiro, por meio da estimulação da secreção do interferon-1 (IFN-I), potencializando a resposta imune a ele, eventualmente reduz a infecção viral.


O estudo ainda cita outros mecanismos interessantes. Recomendo a leitura a todos os profissionais que podem prescrever esse ativo.

Eu aluguei o estudo por 8 dólares e deixo a referência abaixo pra vocês.

Abraços


Abdelmaksoud A, Patil A, Dursun R, Temiz SA, Ayhan E, Goldust M, Vestita M. Could Isotretinoin be a protective agent against COVID-19?:A dermatologist perspective. J Cosmet Dermatol. 2021 May 19. doi: 10.1111/jocd.14239. Epub ahead of print. PMID: 34008285.


#lucasportilho #icosmetologia #consulfarma #icosmetologia #dermatologia #estética #estetica #biomedicinaestetica #farmaciaestetica #farmácia



112 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • 1024px-Telegram_logo.svg
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram