Colágeno oral no controle da pigmentação do rosto

Olá meus Amigos!


Muita gente não recomenda colágeno oral porque de fato, nem todo colágeno oral é igual. Alguns sequer tem estudo de eficácia e segurança.

Não é o caso dos colágenos fabricados pela empresa Rousselot, que fabrica o Peptan e da Gelita, que fabrica o Verisol. Existem várias publicações de ambos comprovado os benefícios para a pele.


Mas minha dica de leitura de estudo científico é uma publicação onde os pesquisadores avaliaram a redução da pigmentação da pele em voluntários que utilizaram os peptídeos de colágeno, uma versão fermentada de colágeno (confesso que esse eu não conhecia) ou placebo.



O estudo randomizado, duplo-cego e placebo controlado concluiu que a ingestão de 5,0 g/dia de peptídeos de colágeno ou peptídeos de colágeno fermentado por 3 meses é segura. Os peptídeos de colágeno reduziram significativamente as manchas pigmentadas e a vermelhidão após 1 mês de ingestão.

Segundo os autores, a ingestão de peptídeos de colágeno ou peptídeos de colágeno fermentado são úteis para suprimir a pigmentação, e a ingestão de peptídeos de colágeno pode ser útil para reduzir a vermelhidão.


Uma evidência científica interessante que liga o possível uso de colágeno oral para tratamento de rosácea.


Aproveitem, o estudo está liberado na íntegra.


Abraços!

Lucas portilho

@lucasportilho


Himeno A, Tsujikami M, Koizumi S, Watanabe T, Igase M. Effect of Reducing Pigmentation by Collagen Peptide Intake: A Randomized, Double-Blind, Placebo-Controlled Study. Dermatol Ther (Heidelb). 2022 Jun 11. doi: 10.1007/s13555-022-00748-4. Epub ahead of print. PMID: 35696023.



#lucasportilho #icosmetologia #consulfarma #dermatologia #estética #farmaciaestetica #farmacia #biomedicinaestetica

319 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • 1024px-Telegram_logo.svg
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram