• Lucas Portilho

Removendo Manchas com Cosméticos


Vai formular produtos para reduzir manchas? Existem duas saídas para os consumidores reduzirem a intensidade e a área das manchas na pele. Comprar um produto isento de prescrição no setor de Dermocosméticos de uma Drogaria ou consultar um Dermatologista.

Nos dois casos a redução das manchas dependerá de alguns fatores. Seja na receita médica que o Dermatologista prescrever, seja no Dermocosmético que o consumidor comprar na loja, existem mais de 30 mecanismos diferentes no qual o produto clareador pode agir na pele. Isso mesmo! Mais de 30.

O mecanismo pelo qual o produto funciona depende dos ingredientes que estão presentes na formulação.

Há uma grande chance do médico prescrever hidroquinona para clarear manchas, porém neste artigo vou abordar apenas ativos cosméticos, lembrando que a hidroquinona foi banida da lista de ingredientes cosméticos desde 2007. Você também pode conferir no final do texto estudos que sugerem formulações livres de hidroquinona.

Ativos e mecanismos

Existem ativos, como o Arbutin que atuam diretamente na inibição de enzimas que agem na formação da melanina, outros como a Niacinamida inibem a transferência da melanina para as demais células da epiderme. Outro mecanismo funcional é reduzir o alcance dos dendritos dos melanócitos e isto pode ser feito pelo extrato da bellis perennis (extrato da margarida). Caso o pigmento seja liberado no meio extra celular, ele será fagocitado pelos queratinócitos. É possível também inibir a fagocitose utilizando extrato de soja ou extrato de Artocarpus heterophyllus (jaca).

Já foram publicados estudos que elucidaram o papel de proteínas específicas que se ligam aos receptores de membrana dos melanócitos e estimulam a produção de melanina em excesso. É o caso do MSH, Hormônio Melano Estimulante que pode ser inibido por ativos cosméticos reduzindo a hiperpigmentação.

A proteína que controla grande parte da formação da melanina, chamada de MITF também pode ser modulada através de fatores de crescimento.

Não podemos esquecer dos ativos antioxidantes, como a vitamina C e dos ativos que possuem ação calmante que inibem mediadores inflamatórios, pois estes também colaboram para redução de manchas.

Você deve estar se perguntando: qual deles eu escolho para adicionar na minha formulação? Se possível todos.

Lembro que as manchas tratáveis com ativos cosméticos são aquelas denominadas de epidérmicas, pois se as mancha estiver na derme, isto é assunto para outro artigo.

Outro ponto importante é a palavra mancha. Essa palavra é proibida de ser utilizada em produtos cosméticos, exatamente porque se a mancha for dérmica, o produto não funcionará. O termo correto é "Clareador".

J Drugs Dermatol. 2013 Mar;12(3):S27-31.

Safety and efficacy of a novel multimodality hydroquinone-free skin brightener over six months.

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23545930

J Cosmet Dermatol. 2013 Mar;12(1):12-7. doi: 10.1111/jocd.12025.

Efficacy of hydroquinone-free skin-lightening cream for photoaging.

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23438137

#clareamento #hidroquinona #niacinamida #arbutin #vitaminac

0 visualização
revista,bannersite.jpg

© 2010 lucasportilho.com • Todos os direitos reservados.